Papel Higiênico Carinho Eco Green Folhas Duplas 12 Rolos Com 30 Metros

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

Papel Higiênico Carinho Eco Green Folhas Duplas 12 Rolos Com 30 Metros

Código: 98839
R$ 15,59
ou R$ 15,59 via Pagamento na Entrega
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 15,59 Boleto Bancário
  • R$ 15,59 Entrega
  • R$ 15,59 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

1. PAPEL 100% CELULOSE FSC®:

Forest Stewardship Council (FSC®) é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, criada com o intuito de aprimorar as regras de manejo das florestas da forma mais sustentável possível. O manejo florestal atende aos direitos sociais das pessoas envolvidas na cadeia florestal, sejam elas comunidades, trabalhadores, indígenas e quilombolas, entre outras. Além disso, os aspectos ambientais, como o uso correto da terra, a não supressão de florestas nativas, as garantias necessárias para a manutenção da fauna e flora existentes e o estrito cumprimento da legislação, são exemplos das várias ações exigidas para a obtenção da certificação. Por fim, todo esse processo assegura, em relação aos aspectos econômicos, a criação de valor e acesso igualitário a todos em relação aos benefícios conquistados.

A certificação FSC® de cadeia de custódia, obtida pela Copapa, abrange cada etapa do processo de fornecimento, desde a extração na floresta, seu beneficiamento, comercialização e distribuição. Os sistemas de gestão de cada uma das etapas citadas são avaliados de forma a garantir a origem do material, por meio de auditorias externas independentes e por organismos acreditadores, como a Imaflora.
O nosso certificado está no link abaixo para consulta.

https://info.fsc.org/

 

2. MENOS QUÍMICOS:

Os alvejantes óticos, ou branqueadores óticos, são produtos químicos que absorvem radiação ultravioleta e reemitem a mesma na forma de luz visível de coloração violeta-azulada. Esta reação química age de forma a nos passar a impressão de um produto mais alvo e branco. Essas substâncias estão presentes nos mais variados produtos de nosso dia a dia, como sabões em pó, em barra ou líquidos; amaciantes de roupas, tecidos e papéis dos mais diversos usos, inclusive o papel higiênico.
No Carinho Eco Green nós não usamos esse tipo de artifício para passar uma sensação de limpeza e brancura. Queremos um produto com o mínimo de substâncias químicas possível e sem criar falsas sensações junto ao consumidor.

 

3. TUBETE COMPOSTÁVEL:

Nosso tubete foi desenvolvido de forma a absorver o máximo de água possível e se dissolver mais facilmente em água. O objetivo, no entanto, não é jogar o tubete no vaso, e sim facilitar seu processo de reciclagem e compostagem.  Esse tipo de material, muitas vezes, é fruto do aproveitamento de papel que seria utilizado para a produção de embalagens, e tende a receber um tratamento químico especial que o torna um pouco mais resistente à água, já que o intuito da embalagem seria proteger o produto de intempéries ambientais.

Além disso, na busca por produtividade, muitas vezes esse material passa por um controle estrito da quantidade máxima de água que ele pode absorver, de forma que não fique muito úmido no momento da colagem, e assim atrapalhe a transferência do papel no rolinho.

O rolinho foi produzido especialmente para o Carinho Eco Green, absorvendo tanta água que a mesma passa por ele quando testado.

 

4. EMBALAGEM COMPOSTÁVEL:

Produzido em parceria com a Plasdil, o plástico que envolve os rolinhos de Carinho Eco Green, assim como sua alça, é produzido com polímeros compostáveis à base de ácido polilático (PLA), obtido a partir de matérias-primas renováveis à base de milho, cujas informações sobre o processo podem ser conferidas aqui.

A ideia é que o plástico possa ser encaminhado para usinas de compostagem, bem como servir de base no aproveitamento de sacolas com resíduo orgânico que também teriam esse fim. O uso desse material vem se difundindo ao longo dos anos, e o mesmo se configura como uma solução de descarte que não compromete a biodegradação de materiais orgânicos.

Mesmo com o uso da embalagem compostável, a COPAPA se compromete a recolher o plástico comum no equivalente em peso da quantidade de material da embalagem de todo Carinho Eco Green comercializado. Todo material recolhido é encaminhado para projetos sociais de coleta seletiva, a fim de complementar a renda dos catadores e proporcionar uma solução sustentável para o plástico, de forma a evitar seu descarte inadequado.

Além disso, a alça dispensa o uso de sacolas adicionais para o transporte de Carinho Eco Green, e todos já sabemos do esforço que tem sido feito para essa redução.
Mas este é apenas o primeiro passo em direção a soluções para embalagens mais sustentáveis. Temos como meta o lançamento de versões e produtos com opções mais variadas, incluindo novos tipos de materiais, mais versões de números de rolos e, quem sabe, metragem? Queremos ouvir a sua opinião para termos  mais soluções para a sustentabilidade do nosso planeta.

 

5. PRODUTOS QUÍMICOS DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL:

Para receber o Rótulo Qualidade ABNT Ambientaltodo o processo de produção do Carinho Eco Green passou por uma Análise do Ciclo de Vida, conhecida também por ACV. Esta análise, conforme o Procedimento PE-390 da ABNT, “enfoca os aspectos ambientais e os impactos ambientais potenciais (por exemplo, uso de recursos e as consequências de liberação para o meio ambiente) ao longo de todo o ciclo de vida de um produto, desde a aquisição das matérias-primas, produção, uso, tratamento, pós-uso, reciclagem até a disposição final (isto é, do berço ao túmulo) (ABNT NBR 14040)”.

Entre os itens avaliados estavam todos os produtos químicos utilizados como auxílio durante o processo de produção do papel. Para receber a rotulagem deveriam atender a critérios como  não serem tóxicos, carcinogênicos, mutagênicos, tóxicos à reprodução e perigosos para o meio ambiente, entre outros. Além disso, não poderiam conter corantes com alumínio em sua composição, ou serem azóicos, e os demais produtos químicos também não poderiam ter quantidades superiores a 100 partes por milhão (100ppm) de alquilfenóis, compostos orgânicos clorados, ftalatos, bisfenol A, e metais pesados, como mercúrio, cobre, chumbo, cromo e cádmio.

Todos os produtos químicos utilizados em Carinho Eco Green atendem a essa normatização, que busca garantir o menor impacto negativo ao meio ambiente. Todos são produtos que foram desenvolvidos como contratipos aos convencionais de forma que não deixem nenhum tipo de residual no papel e na natureza.

 
 

6. SUBSTITUIÇÃO GRADUAL DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL EM TODA A LOGÍSTICA:

Até o produto chegar nas prateleiras dos mercados, ele é transportado internamente na fábrica pelas empilhadeiras e nas estradas por caminhões . Todo esse trajeto foi devidamente calculado, o consumo de combustível fóssil avaliado e, assim, a fim de compensar essas emissões, fizemos a neutralização de todo o carbono equivalente (CO2E) gerado por conta dessa etapa (Certificado PRIMA 112). Mas Carinho Eco Green é sinônimo de inovação e mudança e, por isso, decidimos que vamos evoluir ainda mais. Até 2023, todas as empilhadeiras movidas por combustível fóssil utilizadas na COPAPA serão substituídas por empilhadeiras elétricas. Enquanto isso, vamos seguir neutralizando essas emissões. Para os caminhões, cujas emissões também são compensadas, já estamos em busca de tecnologias que nos permitam fazer a distribuição utilizando combustíveis alternativos, sejam totalmente movidos a energia elétrica ou híbridos. Acreditamos que todos vão embarcar nessa causa e, então, poderemos alçar voos maiores em direção a alternativas sustentáveis.

 

7. LOGÍSTICA REVERSA:

O plástico se tornou o grande vilão dos dias atuais, mas entendemos que, na verdade, o problema está em como o descartamos após a sua utilização. Assim, pensamos em algumas alternativas para as embalagens de Carinho Eco Green, justamente para que tenhamos uma forma inteligente de trabalharmos o problema em conjunto. Primeiramente, fizemos um tubinho que pode ser reciclado e/ou compostado. A embalagem primária, aquela que envolve os rolinhos de papel higiênico e vai para sua casa, foi feita com material à base de milho e é compostável. No entanto, tomamos outro cuidado: a embalagem secundária, que é utilizada para o transporte até os supermercados, foi feita com material à base de cana-de-açúcar (selo I’m Green, da Braskem) e é passível de reciclagem. Sugerimos aos nossos parceiros, os supermercados, realizar a logística reversa desse plástico, ou seja, viabilizar o retorno dessas embalagens, o que poderá ser feito de duas formas: enviando diretamente para a COPAPA, e daí para a reciclagem via o Programa Coleta Seletiva Solidária, realizado em Santo Antônio de Pádua (ver indicadores de Sustentabilidade COPAPA); ou enviarem diretamente para a reciclagem. Com essas duas estratégias, conseguimos eliminar a possibilidade de todo esse material não seguir para a reciclagem e ter uma disposição incorreta. Mas não para por aí! Através do Programa de Logística Reversa das Embalagens, em parceria com a ONG “Dê a Mão para o Futuro”, coordenado e assistido pela ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), a COPAPA contabiliza todas as embalagens por ela colocadas no mercado (tubetes de papelão, caixas de papelão, embalagens de plástico primárias e secundárias) e reverte em percentual de recursos financeiros que será utilizado para o incremento da reciclagem de material de pós-consumo no Brasil. O programa reverte esses recursos para cooperativas de catadores em todo o Brasil para melhorar o panorama nacional de coleta e reciclagem de resíduos sólidos urbanos.
 

8. NEUTRO EM CARBONO:

O Carinho Eco Green tem toda sua produção, movimentação interna e distribuição neutras em carbono. Todo esse processo, denominado “Processo AFPS”, foi elaborado com foco na otimização do consumo de energia elétrica e água, e na eliminação total do uso de combustíveis fósseis na produção e na substituição gradual na logística. Desta forma, o saldo de emissões de gases de efeito estufa dessa operação, em forma de geração de carbono equivalente, é muito menor que nos processos comuns, correspondendo a apenas 10% desse índice. Esse saldo, atualmente, é neutralizado através do plantio de árvores (Certificado PRIMA 112), de maneira a antecipar os volumes a serem produzidos. O Carinho Eco Green já está totalmente neutralizado, pois sua projeção de venda do ano e seu saldo de emissões foram totalmente compensados em plantio de árvores. Mais de 5.000 m² de área já foram plantados e esse número supera o real impacto provocado pelo produto em função da sua baixa emissão de carbono. É claro que, caso tenhamos que compensar um volume maior, assim o faremos, pois Carinho Eco Green contribui para as ações de conservação, recuperação e proteção da Mata Atlântica por meio de parceria com a ONG SOS MATA ATLÂNTICA. Verdade é que Carinho Eco Green já nasceu negativo em carbono, pois é isso que se espera de um novo papel para uma nova consciência! E aí, vamos mudar o mundo juntos?

R$ 15,59
ou R$ 15,59 via Pagamento na Entrega
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Há 40 anos Levando com toda alegria do mundo aos nossos clientes, tudo que há de novidade e de qualidade nos setores de Festas, Papelaria, Embalagens, Descartáveis, Produtos de Limpeza, Bomboniere e Casa e Lazer. Tudo isso com preços imbatíveis e um atendimento especial! Nossas lojas estão localizadas em Campos dos Goytacazes - RJ.

Social
Pague com
  • Pagamento na Entrega
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Recopel - CNPJ: 28.845.212/0001-99 © Todos os direitos reservados. 2020

Recopel - CNPJ: 28.845.212/0001-99 © Todos os direitos reservados. 2020